segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Alentejo


Procuro
Nas pedras
Pedaços
Da alma
Retalhos
Forjados
Campos de trigo
Papoilas
Vermelhas
Sargaços
Em flor
Procuro a calma
Alentejo
Esplendor.

Ai de mim...

Deixa que adormeça na terra árida. Que o tojo seja o cobertor dos dias frios. A aurora seja o sinal que a alma aguarda. E o vento o ...