domingo, 19 de julho de 2015

Porque um dia ainda voltarei a escrever todas as palavras de amor na primeira pessoa, nesse dia atravessarei as gotas de chuva em pleno deserto e de um cacto de mil espinhos nascerá uma flor que depositarei aos pés da cruz.
Até lá tenham uma semana feliz e não esqueçam: sem amor o mundo seria ainda pior do que está.



Ser poeta é utopia...

Não sei, nem sequer sei a cor dos dias frios!   Se o céu é azul ou cinzento afogueado.    Nada sei de  efémeras  fantasias.  Delírio...