quarta-feira, 17 de junho de 2015

Os Sonhos...

Serão todas as palavras de amor,
silêncio na vastidão?
Ou pelo contrário:
são a saudade que entra pelo postigo.
e os sonhos?
-Os sonhos meu amor,
 são todos os versos que invento contigo.



Ser poeta é utopia...

Não sei, nem sequer sei a cor dos dias frios!   Se o céu é azul ou cinzento afogueado.    Nada sei de  efémeras  fantasias.  Delírio...