sábado, 3 de setembro de 2011

Espera

Antevejo o teu andar apressado
As pedras da rua soltam suspiros
Até os pombos no telhado
Desprendem-se voando

O coração bate compassado
Sorri o dia que chama p`la tarde
Enrosco-me no sofá esperando

O som dos teus passos
Está mais perto
Subindo o degrau um beijo decerto

Galgando p`la boca o coração animado

Os sonhos chegam nas trindades…

Em qualquer canto ouço a voz dos dias!... Traz ao de cima as fantasias. Mas qualquer canto ensurdece o vento. Mesmo que o intento po...