terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Inverno gelado

Acabei de acordar e olhei ao longe o azul
Do céu que acorda também, o sol sorridente
Penetrou minha alma um bom dia diferente
Foi a emoção sentida, a luz cristalina ao sul

Aqueceu este coração moído e o presente
Acabou por ganhar sentido, borboletas
Alaram o Inverno gelado, imaginei cometas
Esvoaçando por todo o lado, diferente

Esta manhã, sei que estás aí mesmo não te vendo
Sei que o dia sorrirá e o amanhã quem sabe
Trará na geada o teu olhar, o Inverno acabe

Por fim chegue a Primavera com ela a esperança
Uma andorinha regresse traga bonança
Acabei de acordar um bom dia te digo sorrindo.


Os sonhos chegam nas trindades…

Em qualquer canto ouço a voz dos dias!... Traz ao de cima as fantasias. Mas qualquer canto ensurdece o vento. Mesmo que o intento po...