terça-feira, 7 de outubro de 2014

Outono.

No virar da página um novo dia
Onde as folhas caem por terra.
Outono de manhãs frias
Leva no vento e encerra
A noite de um tempo sem lei.

Os sonhos chegam nas trindades…

Em qualquer canto ouço a voz dos dias!... Traz ao de cima as fantasias. Mas qualquer canto ensurdece o vento. Mesmo que o intento po...