quinta-feira, 23 de março de 2017

O amor e a perfeição…

Presa naqueles dias…
Em que a busca das cerejas
lembra a madrugada.
E todas as estradas são roseirais.
Ou laranjal em flor.
E o sonhar é a pedra bacilar
numa estrada de terra.
As quimeras são todos os beijos ao luar.
E o amor é a perfeição.

E a interrogação…!
Se os beijos são luar.
As estradas roseirais.
E o amor a perfeição.
Porquê…
Se anda no mundo em contramão!




Máscara...

Sempre que adivinho a solidão alheia… É como se o espelho estivesse embaciado. E o meu rosto sugado por uma teia. Sempre que ...