quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Reflexo...

Olho o espelho, no reflexo o tempo!
E no tempo o suor do rosto.
A neve nos cabelos, um brilho no olhar.
Olho o espelho e sei que sou, eu.
Uma costela da terra, prima do vento,
sobrinha da chuva como irmão o sol.

Olho o espelho, uma ruga atrevida!
Uma saudade escondida.
Um amor por sonhar!
Enfim… uma estrada a pisar.

Olho o espelho que trato por tu.
Frio e nu… enquanto o meu rosto sorri.




Maria… Um Conto de Natal...

- Maria: é o meu nome. - Porquê, Maria? Retorquiu a criança de olhos arregalados. - De onde eu venho todas as mulheres são, Marias. ...