sexta-feira, 17 de abril de 2015

O Bem-querer Acontece…

 Pode ser da música a dimensão do espaço,
da terra ao céu… Um todo que se entrelaça!
Será da saudade do amanhã, ou então:
A quietude da noite é indício de nostalgia,
onde pairam distâncias em contramão.
São pertinentes as dúvidas!
Sempre que o cerne aflora,
E entra sem pedir licença.

Pode ser da música ou de ti.
Pode ser…

Assim como rolam saudades,
Os sonhos rodopiam por entre as notas musicais.
Atracados trazem instantes surripiados;
à fantasia. Ao seu lado desfazem-se as sombras
E amanhece a certeza, seremos vértices a ocorrer
nesta noite. Em que o bem-querer acontece!